Em jogo polemico Amabap vence o Novo Horizonte nas Cobranças de Pênaltis e está na final da Taça Cidade de Paracatu 2019.

Em um jogo polemico e de muita reclamação, Amabap e Novo Horizonte, fizeram na manhã deste domingo, 06/10/2019, no Estádio Beira Rio, o segundo jogo das semifinais da Taça Cidade de Paracatu 2019, com a partida terminando empatada no tempo normal, pelo placar de 2 a 2, a vaga para final foi decidida nas cobranças de pênaltis, com o Amabap vencendo por 6 a 5.

Com um jogo eletrizante e com várias chances de gols para ambos lados, o Novo Horizonte abriu o placar aos 17 minutos da primeira etapa, com o lateral Harley Cavalo, após uma falha de marcação da defesa do Amabap, mas aos 45 minutos Diego Roquete empatou a partida com um golaço de voleio, colocando no fundo da rede do goleiro Pablo.

De volta para o segundo tempo, os dois técnicos promoveram várias alterações e aos 11 minutos o atacante Ramon , colocou o Novo Horizonte na frente do placar, mas já nos descontos aos 49 minutos,  veio o gol do Amabap , com o zagueiro Léo, onde gerou uma imensa confusão, com os jogadores e comissão técnica, pressionando a arbitragem, mostrando insatisfação  com a confirmação do gol, que possivelmente seria  feito de maneira ilegal.

Com a vitória sobre o Novo Horizonte, o Amabap se classificou para a final da competição e irá enfrentar o atual campeão da competição Amoreira, numa final tão esperada e inédita, já que as duas equipes são consideradas, como os dois planteis mais fortes do futebol paracatuense da atual temporada.

O Amabap venceu com: Mussum, Leandro, Vitão, Léo, Luiz Coelho( Emerson), Maikiho, Zé Wilson, Flávio Mineiro( Colinha e  depois Anderson), Diego Roquete, Marco Biro, Álisson Chupetinha ( Danilo Roquete), técnico Alonso. 

O Novo Horizonte jogou com: Pablo, Darlon, Gueirão, Felipe, Harley cavalo, Léo ( expulso), Régis, Bruninho, Denilson ( Ramo Tavares), técnico Lalas.

Arbitragem: árbitro Jorge Corujito, auxiliares Paulo e Passarinho.

 

 

Categorias

Print Friendly, PDF & Email